Share
 
 
 
Terça-Feira, 27 de Junho de 2017


Publicite no Portal HACCP

subscreva o nosso feed rss
Bookmark e Partilhar Facebook Twitter

Pesquisa


frase exacta
Todas as palavras
Qualquer palavra

Untitled Document
Registo
Login

Registe-se

Recuperar Password

Untitled Document
Enquadramento Legal
Legislação

Regulamentos

Normas IPQ

Untitled Document
Pub
 
 
Untitled Document
Informações
Divulgar Empresa

Destacar Empresa

Publicitar no Portal

Divulgar Cursos

Divulgar Eventos

Banners

Contactos

Untitled Document
Eventos
Alimentaria & Horexpo Lisboa 2011 - Lisboa a 2011-03-27

Alimentaria 2010 - Salón Internacional de la Alimentación y Bebidas - Barcelona, Espanha a 2010-03-22

NUTRITION AWARDS 2010 - Portugal a 2009-11-16

Mais Eventos 

Noticias
 
 
 
Café reduz risco de cancro da próstata

2011-05-25
 
Os homens que bebem café, pelo menos seis ou mais chávenas por dia, podem reduzir o risco de cancro da próstata avançado em 60%, aponta um estudo publicado no “Journal of the National Cancer Institute”.

No entanto, trata-se apenas de um estudo clínico e não deve fazê-lo sem consultar o seu médico.

Trata-se do primeiro grande estudo a analisar especificamente a relação entre o consumo de café e cancro da próstata metastático, disse, em comunicado de imprensa, Kathryn Wilson, líder da investigação da Faculdade de Saúde Pública de Harvard, em Boston, EUA, acrescentando que "esta é uma descoberta animadora, porque não existem muitos factores de risco modificáveis para o cancro da próstata."

Contudo, está longe de se demonstrar uma clara relação de causa e efeito, comentam os especialistas, e não está claro de que forma o café pode ajudar a prevenir o cancro da próstata. "O café contém muitos compostos que possuem vários efeitos biológicos. É uma fonte importante de antioxidantes e pode, por isso, ter efeitos anticancerígenos", explicou a especialista, acrescentando que "além disso, o café parece ter efeitos sobre a insulina e tem sido associado a um menor risco de diabetes tipo 2 - considera-se que insulina desempenha um papel em muitos tumores, incluindo o cancro da próstata."

Segundo o estudo, os compostos do café também têm um impacto sobre os níveis das hormonas sexuais.

Para o estudo, a equipa de investigadores recolheu dados de quase 48 mil homens que participaram do estudo de acompanhamento dos profissionais de saúde (Health Professionals Follow-Up Study), os quais foram acompanhados até 2008. A partir de 1986, e de quatro em quatro anos, os homens relatavam a quantidade de café que bebiam.

Posteriormente, os investigadores calcularam o risco de cancro da próstata associado com a quantidade de café consumido. Durante o período do estudo, foram identificados 5,035 casos de cancro da próstata. Destes, 642 foram casos fatais, dado que estavam metastizados, ou seja, o tumor tinha-se propagado a outras áreas do organismo.

Entretanto, da análise dos dados, a equipa de Harvard descobriu que o consumo de seis ou mais chávenas de café por dia estava associado a um risco quase 20% menor de desenvolver cancro da próstata, em comparação com os homens que não bebiam café. Além disso, as probabilidades de desenvolverem um cancro da próstata mais avançado ou mortal foram reduzidas em 60%, em comparação com os homens que se abstiveram de beber café - um risco relativo significativo do ponto de vista estatístico e "substancialmente menor ", disseram os investigadores.

Mesmo os homens que bebiam menos café – entre uma a três chávenas por dia - tinham um risco de desenvolver cancro da próstata mortal 30% mais baixo e a redução do risco foi observada, independentemente de os homens beberem café descafeinado ou com cafeína. Depois de terem em conta outros factores de estilo de vida, tais como idade, tabagismo, obesidade e exercício, mantiveram-se reduzidas as probabilidades de desenvolver este tipo de cancro.

 
In Saúde na Internet
 
Partilhe esta Notícia: Bookmark and Share
rss Receba as últimas Notícias no seu email (RSS Feeds)
Portal HACCP - Portal de Segurança Alimentar no Facebook Portal HACCP - Portal de Segurança Alimentar no Facebook
Portal HACCP - Portal de Segurança Alimentar no Twitter Portal HACCP - Portal de Segurança Alimentar no Twitter


Ajuda