Share
 
 
 
Quarta-Feira, 21 de de 2019


Publicite no Portal HACCP

subscreva o nosso feed rss
Bookmark e Partilhar Facebook Twitter


Pesquisa


frase exacta
Todas as palavras
Qualquer palavra

Untitled Document
Registo
Login

Registe-se

Recuperar Password

Untitled Document
Enquadramento Legal
Legislação

Regulamentos

Normas IPQ

Untitled Document
Pub
 
Untitled Document
Informações
Divulgar Empresa

Destacar Empresa

Publicitar no Portal

Divulgar Cursos

Divulgar Eventos

Banners

Contactos

Untitled Document
Eventos
Alimentaria & Horexpo Lisboa 2011 - Lisboa a 2011-03-27

Alimentaria 2010 - Salón Internacional de la Alimentación y Bebidas - Barcelona, Espanha a 2010-03-22

NUTRITION AWARDS 2010 - Portugal a 2009-11-16

Mais Eventos 

Legislação


   Portaria n.º 560/2006, de 12 de Junho
   
 
   
  Portaria n.º 560/2006
 
  PÁGINAS DO DR : 4168 a 4169
   
 
Considerando que o regime geral de revelação e aproveitamento dos recursos geológicos instituído pelo Decreto-Lei n.º 90/90, de 16 de Março, estabelece o princípio de que nos casos de exploração de recursos hidrominerais deverá ser fixado, com fundamento em estudo hidrogeológico, um perímetro de protecção para garantir a disponibilidade e as características da água, bem como condições para uma boa exploração;
Considerando que o perímetro de protecção abrange três zonas - imediata, intermédia e alargada -, em relação às quais os artigos 42.º, 43.º e 44.º do citado Decreto-Lei n.º 90/90, de 16 de Março, estabelecem e permitem estabelecer proibições ou condicionantes ao exercício de certas actividades;
Considerando que a UNICER - Águas, S. A., titular do contrato de concessão de exploração da água mineral natural número HM-20, denominada «Ribeirinho e Fazenda do Arco», sita na freguesia de São João Baptista, concelho de Castelo de Vide, distrito de Portalegre, veio propor, ao abrigo do artigo 27.º do Decreto-Lei n.º 86/90, de 16 de Março, a delimitação do referido perímetro de protecção apresentando para o efeito uma proposta fundamentada em estudo hidrogeológico e contendo uma planta topográfica com a indicação das zonas imediata, intermédia e alargada;
Considerando que tal proposta foi aprovada nos termos do n.º 3 do artigo 27.º do Decreto-Lei n.º 86/90, de 16 de Março:

Manda o Governo, pelos Ministros do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional e da Economia e da Inovação, ao abrigo do disposto no n.º 1 do artigo 27.º do Decreto-Lei n.º 86/90, de 16 de Março, que, para efeitos do estabelecido nos artigos 42.º, 43.º e 44.º do Decreto-Lei n.º 90/90, de 16 de Março, seja fixado o perímetro de protecção da água mineral natural a que corresponde o número HM-20 de cadastro e a denominação «Ribeirinho e Fazenda do Arco», cujas zonas e respectivos limites se indicam, em coordenadas rectangulares planas, no sistema Hayford-Gauss, referidas ao ponto central:

Zonas imediatas - distribuídas em cinco áreas circulares distintas, envolvendo cada uma das captações, cujo centro é definido pelas seguintes coordenadas:

(ver documento original)

Zona intermédia - delimitada pelo polígono 1-2-3-4-5-6, cujos vértices têm as seguintes coordenadas:

(ver documento original)

Zona alargada - delimitada pelo polígono A-B-C-D-E-F-G, cujos vértices têm as seguintes coordenadas:

(ver documento original)

Em 26 de Maio de 2006.
O Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional, Francisco Carlos da Graça Nunes Correia. - O Ministro da Economia e da Inovação, Manuel António Gomes de Almeida de Pinho.


Zonas do perímetro de protecção para a concessão de água mineral natural denominada «Ribeirinho e Fazenda do Arco»
Extracto da carta n.º 335 do Instituto Geográfico do Exército à escala de 1:25000
(ver documento original)

     
 


Ajuda