Share
 
 
 
Segunda-Feira, 24 de de 2018


Publicite no Portal HACCP

subscreva o nosso feed rss
Bookmark e Partilhar Facebook Twitter

Untitled Document
Registo
Login

Registe-se

Recuperar Password

Untitled Document
Pub
 
 
Untitled Document
Conteúdos
 Transporte de Bens Alimentares

 HACCP

 Alimentação

 Microbiologia Alimentar

 Higiene Alimentar

 Conservação de Alimentos

 Limpeza e Desinfecção

 Actualidades

 Agricultura Biologica

 Doenças de Oirgem Alimentar

 Rotulagem

 Organismos Geneticamente Modificados

 Produtos Tradicionais (DOP, IGP, ETG)

 Entidades de Segurança Alimentar

Mais Conteudos 

Conteúdos - Segurança Alimentar
 
 
Listeria monocytogenes
 
Caracterização
  • Listeria monocytogenes é um bacilo, Gram+, não esporulado, anaeróbio facultativo, mesofilo, pH 6 - 8
  • tolera teores elevados de sal. Resiste à desidratação
    Os animais doentes ou portadores parecem estar na origem das estirpes patogénicas da Listeria. A urina e fezes destes animais contaminam o solo, água e vegetais. O leite das vacas que sofrem de listeriose pode conter a bactéria
  • A cocção completa e a pasteurização destroem a bactéria

Sintomas
  • na contaminação oral, a Listeria monocytogenes coloniza rapidamente o intestino, provocando uma diarreia discreta antes de se disseminar por via sanguínea. A doença começa por sintomas do tipo gripal (febre, dores de cabeça, dores de garganta). Nos indivíduos de boa saúde não suscita, manifestações clínicas. Nos indivíduos enfraquecidos, idosos imunodeprimidos, doentes crónicos, a bactéria pode originar uma infecção grave - meningoencefalite, septicemia - que pode ser fatal se não for tratada a tempo
  • na Listeriose congénita, a Listeria monocytogenes ingerida pela mãe, (que apenas apresenta sintomas de gripe), atravessa a placenta e infecta o feto, havendo morte do feto, aborto ou parto prematuro

Alimentos Mais Responsáveis
    leite cru
  • produtos derivados do leite (queijos não curados, gelados)
  • legumes crus, carnes (vaca, aves, porco) e peixes incompletamente cozinhados

Prevenção
  • controlo dos efectivos leiteiros
  • respeitar as normas de higiene e pasteurização no tratamento do leite
  • alertar os consumidores (mulheres grávidas) para o perigo ligado ao consumo deleite e derivados não pasteurizados

 
   

Ajuda